Quem Somos

Quem Somos

Quem Somos?

A Schola é mais do que uma escola de idiomas, é uma empresa especializada em aulas personalizadas de Português para estrangeiros, que atende principalmente executivos, diplomatas e suas famílias.

Nossas aulas são estruturadas com base em uma abordagem comunicativa, priorizando a linguagem oral inicialmente, para que o aluno atue com confiança em situações do seu dia a dia, e posteriormente preparando-o para se comunicar em todas as situações de sua vida (reunião de negócios, apresentação de palestras, lazer, entre outras).

Nossas aulas enfatizam não só o uso funcional e adequado do idioma para cada situação, mas também abordam a cultura brasileira, uma vez que é fundamental que o expatriado conheça a nossa cultura e a nossa maneira de agir e pensar para que ele possa realmente se inserir na sociedade e não viver restrito às comunidades estrangeiras no país.

Nosso objetivo é que o aluno realmente vivencie uma imersão linguística e cultural aqui.

Um pouquinho da nossa história

A Schola foi fundada em 2003 em São Paulo, Capital.

Sua fundadora, Airamaia Chapina, logo após concluir seu Mestrado em Linguística pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e já ter passado por algumas escolas de idiomas, ensinando Português para estrangeiros de diversas nacionalidades, e ter vários alunos particulares, decidiu abrir sua própria escola, trazendo o que de melhor aprendeu com seus alunos e colegas de trabalho.

A Schola começou apenas com uma professora, sua fundadora, mas pouco a pouco foi se expandindo até tornar-se uma referência no mercado de Português Língua Estrangeira (PLE) e contar com diversos colaboradores e parceiros e ter um dos melhores cursos de Formação de Professores para estrangeiros do Brasil.

O ano de sua fundação, 2003, foi um ano difícil, o Brasil mesmo depois de 8 anos do governo FHC e inflação controlada, ainda apresentava diversos problemas: o PIB tinha caído, o desemprego era recorde, o dólar tinha chegado ao seu ápice, tudo isso somado ao medo dos rumos que o então presidente eleito, Lula, daria à Nação fez com que o Brasil não fosse um país atrativo para investimentos estrangeiros, tanto que nesta época a maioria dos alunos da Schola eram diplomatas e alguns presidentes e diretores de multinacionais.

Mas a Schola acreditou que este cenário mudaria e continuou investindo em desenvolvimento de materiais, formação de professores, pesquisas em PLE e no melhoramento do seu Curso de Português para estrangeiros.

E o esforço e a dedicação valeram a pena, o mundo pouco a pouco voltou a acreditar e a investir no Brasil. Mas foi em 2008 que Schola realmente se expandiu, seus 5 primeiros anos foram um preparatório para a sua consolidação como uma escola especializada em estrangeiros.

A partir de 2008 com a crise das hipotecas imobiliárias deflagrada nos Estados Unidos pelo Lehman Brothers, o mundo começou a olhar para os mercados emergentes e o Brasil foi uma destas grandes apostas. Logo depois da crise nos EUA, veio a Crise Europeia e o Brasil, de fato, passou a ser a bola da vez. A partir de então a Schola cresce dia-a-dia.

Grandes multinacionais, médias e pequenas empresas chegam ao país todos os dias, as que já estavam aqui aumentam seus investimentos, estas empresas trazem-nos mão de obra qualificada, novas tecnologias e mais e mais estrangeiros . Apenas em 2011 , 70.524[1] mil estrangeiros conseguiram vistos de trabalho e esse número não para de crescer.

O mercado de aulas de Português para estrangeiros começou a se expandir, as pesquisas em PLE nas Universidades federais, estaduais e privadas se intensificaram, aumentaram os investimentos nesta área, novos grupos de pesquisas formaram-se e mais e mais professores de Língua Portuguesa passaram a se interessar por esta nova área de estudo e atuação.

Hoje em dia, muitas escolas de idiomas oferecem Curso de Português para estrangeiros, mesmo sem nenhuma experiência na área, qualquer brasileiro pensa que pode ensinar Português para um estrangeiro, mas isso não é verdade, ser um bom professor de Português para estrangeiro exige muito mais do que ser um nativo, é necessário que o professor tenha conhecimento e metodologia. É necessário que o professor de Português nativo repense a própria língua para que ele consiga detectar as dificuldades dos seus alunos e ser um verdadeiro facilitador.

Uma instituição que oferece todos os idiomas corre o risco de não conseguir a excelência em todos os seus cursos. A Schola é diferente! Somos especialistas em Português Língua Estrangeira.

Na Schola estamos sempre nos aprimorando para oferecer um serviço de aulas de Português de excelência. Tanto que a partir de 2012 a Schola passou a oferecer o Curso de Formação de Professores de Português Língua Estrangeira, buscando capacitar e reciclar/atualizar nosso corpo docente e melhorar.

Orgulhosamente podemos dizer que estamos realmente preparados para cumprir nossa missão e oferecer um serviço de qualidade.

Missão

Tornar o nosso aluno independente.

Inserir nosso aluno na sociedade brasileira.

Proporcionar um ambiente de desenvolvimento e amizade entre nossos alunos, professores e colaboradores.

Valores

Profissionalismo, Comprometimento e Preço Justo.

Compromisso com qualidade e excelência. Ouvimos nossos clientes, procurando constantemente melhorar nossos serviços, inclusive por meio de parcerias que nos ajudem a servir cada vez melhor.

Comprometimento e flexibilidade para atender às necessidades dos nossos clientes.

Preço Justo, pois qualidade não custa mais caro.

______________

 [1] Uol – Economia: http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/redacao/2012/02/09/concessao-de-vistos-de-trabalho-a-estrangeiros-sobe-26-em-2011.jhtm